Posts Tagged ‘Will Smith’

Já foi publicado por aqui vídeos com as melhores passagens dos anos de 1994, 1997 e 1999. Mas em 1997 – e no ano seguinte – foi seguido de vários lançamentos de peso no cinema, mas que foram meio ofuscados pelas trilhas sonoras que os acompanhavam. Segue abaixo algumas das (insuportáveis) músicas

– Will Smith: Men In Black (MIB 1997)

O primeiro filme da franquia mostrando relações meio amistosas entre seres humanos e alienígenas foi boa por trazer uma dupla com o carrancudo Tommy Lee Jones e o extrovertido Will Smith. O ator aproveitou para divulgar seu trabalho como rapper, com coreografias e tudo mais.

Refrão chiclete: “Here come the Men in Black” (no coral feminino)

– Jamiroquai: Deeper Underground (Godzilla 1997)

A versão americanizada do monstro japonês é totalmente esquecível (Roland Emmerich e sua mania de destruir Nova York). Mas no compilado de trilhas do filme tem boas pedidas, como a versão Heroes (Bowie) do Wallflowers, a mistura de P. Diddy e Jimmy Page e o cantor do chapéus inusitados Jamiroquai.

Refrão chiclete: “I’m going deeper underground” (com efeitos eletrônicos)

– Aerosmith: I don’t Wanna Miss a Thing (Armagedom 1998)

Na onda de ‘EUA x Corpos Celestes’, o diretor Michael Bay escalou um elenco de renome para o longa – Bruce Willis, Ben Affleck, Michael Clarke Duncan (In Memorian) e Billy Bob Thornton. Coincidindo com a descoberta do verdadeiro pai biológico de Liv Tyler, o Aerosmith fez uma das trilhas mais românticas e depressivas pra quem vai pro sacrifício.

Refrão chiclete: Don’t wanna close my eyes
I don’t wanna fall asleep
‘Cause I’d miss you, baby
And I don’t wanna miss a thing

– Goo Goo Dolls: Iris (Cidade dos Anjos 1998)

Meg Ryan fazendo par romântico com Nicolas Cage anjo(?), reflexão sobre religião e morte, a expressão insossa do protagonista (? de novo). Uma trilha fofinha e conquistadora viriam bem a calhar certo? acho que não!

Refrão chiclete: And I don’t want the world to see me
‘Cause I don’t think that they’d understand
When everything’s made to be broken
I just want you to know who I am

– Celine Dion: My Heart Will Go On (Titanic 1997)

Já na década passada Leonardo DiCaprio tinha um final infeliz, disputando um amor com Billy Zane e sendo genro de Kathy Bates (lol). Celine Dion veio com uma proposta de grudar o filme em nossas memórias e conseguiu, mesmo que sendo por mal

Refrão Chiclete: Near, far, wherever you are
I believe that the heart does go on
Once more, you open the door
And you’re here in my heart
And my heart will go on and on

Uma das preocupações iniciais quando se ensina História no ginásio e o entendimento e construção da linha do tempo, com noções de séculos, milênios e fatos encerrados em um passado distante. Mas existem certas lacunas e proximidades não percebidas, muito menos ensinadas, por alunos e professores.

Segue abaixo alguns desses acontecimentos inusitados, a maioria pensaríamos estar encerrados em outros eras históricas, e ainda ocorriam há alguns anos! O artigo original (em inglês) está no site http://www.9gag.com e foi traduzido – e muito bem esquematizado – pelo site http://papodehomem.com.br/

91

-O ensino começou em Oxford, já em 1096 e, por 1249, a Universidade foi fundada oficialmente. A civilização Asteca como a conhecemos começou com a fundação de Tenochtitlán, em 1325.

114

– Star Wars estreou nos cinemas em maio de 1977. A última execução por guilhotina ocorreu em 10 de setembro do mesmo ano, em Marselha.

214

– O Estegosauro viveu há cerca de 150 milhões de anos, enquanto o T-Rex viveu há 65 milhões de anos. O dinossauro grandão e famoso no Jurassic Park foi aparecer só 85 milhões de anos depois do pequenino aí que ninguém conhece, logo, estamos mais perto — na linha do tempo — de um dinossauro do que dois deles que viveram em períodos diferentes.

314

– Enquanto a maioria dos mamutes morreram há 10.000 anos, uma pequena população sobreviveu até 1650 aC. Por esse ponto, o Egito estava a meio caminho de seu império, e as Pirâmides de Gizé já tinham mil anos de idade.

72

– John Tyler foi presidente entre os anos de 1841 e 1845, 20 anos antes de Abraham Lincoln. Ele teve um filho, Lyon, aos 63 anos. Lyon teve dois filhos, Lyon Jr. e Harrison. Ambos ainda estão vivos hoje, na casa dos 80 anos.

1211

– A espécie humana tem vivido na Terra há apenas 0,004% da história do planeta.

E o mais intrigante de todos:

_72117311_ap_freshprince

– Will Smith está mais velho do que James Avery (eterno Tio Phil) na época da estreia de Um Maluco no Pedaço. James, que faleceu no último dia de 2013, tinha 44 anos. Will Smith hoje – março de 2014 – está com 45.

Disponível também no http://www.treta.com.br