Posts Tagged ‘Tite’

COMPARAÇÕES TITE MANO MENEZES
Esquema Tático Montou uma equipe defensiva, que sufoca o adversário no campo de defesa Só teve que encaixar Ronaldo, Roberto Carlos, Elias e William (seu queridinho nos tempos de Grêmio)
Brasileirão Ganhou a Série A, segurando a bronca de um time com sinais de crise Ganhou a Série B, mais do que uma obrigação
Libertadores Ganhou superando o Vasco de Juninho Pernambucano, o Santos de Neymar e o Boca Jr de Riquelme Perdeu para o Flamengo de Adriano, Vágner Love, Ronaldo Angelim e Kléberson
Relação com Jogadores Meritocracia: barrou Chicão, detonou Sheik em público e colocou Pato na reserva Nebulosa: brigou com Edu Gaspar, na época jogador e hoje gerente de futebol
Caráter Disse que se negaria a treinar um rival do Corinthians, apesar de passagem pelo Palmeiras Saiu do Flamengo dizendo que não entendeu a filosofia dos jogadores. Dá a entender que conversou com Mário Gobbi
Mundial Ganhou do Chelsea Não chegou lá
Copa do Brasil Perdeu por conta da retranca e da irresponsabilidade de Pato Ganhou do Internacional
Ascensão Veio para o Corinthians deixando a vida confortável nos Emirados Árabes Saiu do Corinthians como TERCEIRA opção para a seleção brasileira
Polêmicas Sempre se posicionou e assumiu os erros Foi omisso no caso da boate em Prudente

Entenderam ou precisa desenhar?

Retranqueiro sou eu...e ainda levei 4 gols de um guri mais retranqueiro ainda!

…e ainda levei 4 gols de um guri mais retranqueiro ainda!

Pitacos de corinthianos xiitas exigindo a cabeça fritada de Mário Gobbi, Tite e Alexandre Pato não faltam à nação de 30 milhões de sofredores. Mas, fazendo o (im)possível uso da razão e da coerência, vamos aos fatos.

Primeiro os 7 erros cometidos há muito tempo pelo Timão, retirado do blog do colega http://orandesrocha.blogspot.com.br/:

“01. Deixar o time envelhecer (não renovar).

02. Perder o “sangue nos olhos” após as sucessivas conquistas nos últimos 3 anos.

03. Perder o Paulinho.

04. Contratações mal feitas:

04a – Maldonado e Íbson não são jogadores para atuar no Timão.

04b – Pato foi uma aposta cara demais para uma aposta. Melhor seria ter usado o dinheiro para segurara Paulinho.

04c – Renato Augusto e seu histórico de lesões também uma aposta arriscada, apesar da qualidade técnica indiscutível.

05. Não repor posições deficientes: laterais e meio campo.

06. Complô de jogadores: seja os que foram preteridos, ou que estejam inconformados e/ou insatisfeitos,…

07. Colocar o Pato para bater o último pênalti.

Sim, acho que ontem ele errou a cobrança de propósito, seja para tirar o Tite, seja porque sabe que não continuará no clube.

Mas o maior de todos os erros, será demitir o Tite e contratar Mano Menezes, como sopram os ventos no Parque São Jorge.”

Acrescento agora análises interpretadas a partir de colunistas entendidos e imparciais, como PVC e Tostão:

I) Time manjado: a cadência surpresa há dois anos virou lugar-comum aos adversários, com quase todo o elenco sendo presa fácil. Talvez Ralf e Paulo André sejam as boas exceções

II) Ênfase na defesa: já na primeira passagem de Tite a marca do Corinthians foi a turma do fundão. E a frase ‘1×0 é goleada’ já imperava em 2004. O problema é que o time ficou amarrado demais após a conquista do Mundial

III) Precipitação ao dispensar ídolos: arriscado afirmar que Chicão no lugar de Gil e Jorge Henrique ao invés de Romarinho seria outra coisa, mas cabia à diretoria mais cautela com jogadores fundamentais em títulos recentes.

IV) Maior rigor com torcedores vândalos: ainda tem pagante que se acha no direito de barbarizar nos estádios, e quem toma punição no final é o time. Deixar de jogar no Pacaembu para excursionar no interior causa desgastes variados.

V) Mais cooperativismo e menos vaidade: Andrés e Gobbi, criador e criatura da atual gestão, já sinalizam confronto de egos para manter ou dispensar Tite. É tomar cuidado para que a dupla não vire um modelo Lula-Dilma.

VI) Insistência em perebas, desprezo por promessas: Danilo, Romarinho, Douglas e Sheik foram motivos de xingamentos nos últimos meses. Não é esquecer o que fizeram por consagrações passadas, mas investir em caras novas e promissoras como Diego Macedo, Rodriguinho e Cléber.

VII) Contratar centroavante decente de área: Paolo Guerrero é convocado a todo instante, Pato previsível e fraco. Rumores dizem uma sondagem em Walter Biscoito. Do jeito que anda o ataque, seria uma contratação de peso (o velho trocadilho) para 2014.

Conforme disse meu colega, trocar de técnicos seria uma burrice administrativa. Clubes europeus são o que são por dispensarem jogadores para manter o técnico. Mas talvez tenha chegado ao fim o ciclo de Tite no Timão. Se vai ser bom ou ruim caso a dispensa se concretize? A resposta será uma só: Bá Tchê!

1375917_454306631346055_345628108_n