Posts Tagged ‘Felipão’

“A decisão do sábado entre Real Madrid e Atlético reuniu o nono colocado no ranking da posse de bola contra o 14º. A temporada 2013/14 foi totalmente diferente das últimas.

Foram mais felizes os times verticais, de ligações mais rápidas entre defesa e ataque, força nas bolas paradas e contra-ataques velozes.

Não significa que sejam times de futebol feio nem defensivo.

O Real Madrid marcou 160 gols em 60 partidas na temporada.

O melhor ataque da Europa foi o campeão da Liga dos Campeões. Venceu na final a melhor defesa da liga espanhola e da Liga dos Campeões.

O técnico Carlo Ancelotti mereceu durante muitos anos a alcunha de retranqueiro. Em Munique, antes da semifinal contra o Bayern, ouviu uma pergunta sobre catenaccio e vestiu a carapuça: “Para um italiano, essa não é uma palavra feia.”

Nem bonita.

O melhor ataque da história da Premier League, o Inglês da era moderna, pertence ao Chelsea, campeão inglês de 2010 sob o comando de Ancelotti: 103 gols em 38 jogos.

No sábado, o Real Madrid chegou a 41 gols em 13 jogos da Champions League, recorde nas campanhas com 13 partidas -o Barcelona de 2000 marcou 45 vezes em 17 jogos.

Muita gente diz que o Real Madrid é defensivo porque usa os contra-ataques. Uma coisa não tem necessariamente a ver com a outra. O Real passa mais tempo com a bola no campo de ataque do que na defesa. Os contra-ataques existem mais pela característica dos atletas.

A capacidade é ser veloz quando os adversários oferecem espaços. A facilidade é de usar o espaço vazio para fazer gols. Na campanha da décima Liga dos Campeões, 27% dos gols foram de contra-ataques. Um gol a cada quatro.

A seleção de 70 era assim. Jogava com a bola no pé, praticava futebol arte, mas marcou 15 de seus 19 gols em saídas rápidas da defesa para o ataque.

Alguns dos times mais bonitos da história eram perfeitos contra-atacando. O São Paulo dos menudos era assim e foi campeão paulista de 85, ganhou o Brasileirão do ano seguinte, embora um pouco mudado.

A versão 1992 do Tricolor, de Telê Santana, tinha repertório variado, entre a posse de bola e o contra-ataque. A velocidade era uma de suas armas e a equipe era linda de se ver jogar.

O fato de o Real Madrid vencer este ano não significa a morte do estilo de posse de bola e marcação por pressão, do Barcelona e do Bayern. Significa apenas que o Real Madrid foi melhor nesta temporada.

Mereceu ganhar a décima liga dos campeões, mas não representa uma tendência.

Há várias maneiras de jogar bem.

O Real Madrid foi perfeito.

Se você quiser saber como vai ser o Brasil na Copa, saiba que Felipão gosta mais do que vê do Real Madrid do que do Barcelona ou do Bayern de Guardiola.

Não é pecado.”

(Paulo Vinicius Coelho)

Image

Mais uma vez a Nike foi ignorante na propaganda de futebol. Dessa vez o slogan foca a nossa seleção anfitriã e, obrigatoriamente, favorita à conquista do título em 2014. É claro que nem todos os jogadores puderam atuar na divulgação por terem contrato com outros materiais esportivos (Adidas, Mizuno, Umbro, etc).

Arrisco a dizer que os adversários nessa filmagem são os hermanos. Será? #pracimadelesfelipão

Para quem ainda está enchendo o saco com a decisão de Diego Costa por querer defender a Fúria ao invés da Canarinho:

– Ele vai ser convocado por Felipão até a Copa? Talvez
– E por Del Bosque? Com certeza

– Foi valorizado nos últimos jogos pela CBF? Sequer foi convocado
– E pela Confederação Espanhola? Sim (é artilheiro do Campeonato Espanhol)

– Deve esperar ser reconhecido por uma pátria que vive de momento? Deve pensar no seu futuro e de sua família
– Deve arriscar se consagrar por uma seleção na casa do ‘adversário’ (Maracanã)? Lógico!

– É mercenário? Não, muitos outros jogadores já fizeram essas escolhas, incluindo um NÃO para a seleção, a exemplo de Mauro Silva (2002) e Mário Fernandez (2011)
– Felipão e Parreira não fizeram a mesma coisa quando assumiram Portugal e África do Sul? Sim, mas é diferente, de acordo com o ilmo José Maria Marin Dedos-leves para medalhas

– E qual o jogo sujo, tramado pela CBF com o aval de Felipão – ou seria o inverso? – ao convocar um jogador que foi esnobado até pelo reserva-cavadinha-anatídeo do Corinthians em outras chamadas? Minar as chances de Diego defender a principal rival da seleção na Copa, que vem com tudo para defender sua hegemonia. Muy amigos esses cumpadres não?

Por falar em Marin, mais uma vez o baixinho Romário vêm a tona para falar o que muito dirigente baba-ovo sequer sonha: que tanto ele quanto Ricardo Teixeira deveriam estar presos.

Calúnia? Misteriosamente saiu uma reportagem na folha  na qual ele e a patota que o elegeu terão as mordomias em um dos resorts mais luxuosos do Brasil, aliás, de toda a Bahia. Para quem não viu: http://www1.folha.uol.com.br/esporte/folhanacopa/2013/11/1365252-sorteio-dos-grupos-da-copa-2014-tera-mordomia-para-eleitores-da-cbf.shtml

Segue também a reportagem do baixinho: http://br.esporteinterativo.yahoo.com/noticias/sem-papas-na-l%C3%ADngua–rom%C3%A1rio-abre-o-jogo-sobre-teixeira-e-marin—tinham-que-ser-presos–233626231.html

Ôôulé!

Ôôulé!