Posts Tagged ‘árabes’

Sim, Há 11 anos o mundo assistia um dos eventos que marcaria o século XXI, o 11 de setembro. Desde então muita mudanças irreversíveis ocorreram no planeta, com iniciativa norte-americana, sob a desculpa de proteção e o objetivo de desmantelar e palpitar em regimes do Oriente Médio, coincidentemente o lugar onde se concentra as maiores áreas de extração de petróleo. Eis algumas delas:

– A sociedade norte-americana se tornou paranoica, observando meticulosamente seus cidadãos, nascidos ou não em solo americano. O maior exemplo disso é o Ato Patriótico, ou a autorização do governo em vasculhar TUDO que as pessoas consomem por meio de 2ªs vias

– As ‘injustiças’ no Oriente Médio, tema de discursos Bushinianos, não foram resolvidos: Existem membros clandestinos das redes Talibã e Al-Qaeda, Iraque e Afeganistão ainda sofrem com conflitos civis ou com soldados estrangeiros e Ahmadinejad continua a toda com seu projeto nuclear, seja lá qual for;

– Alguns países deixaram de ser apoiadores convictos do americanos em ações de guerra. A tal da globalização hoje exige uma reestruturação de uma crise que se arrasta há 4 anos (2008), e a relação custo-benefício no investimento na indústria bélica em tempos de paz é arriscado. Fosse assim a Coreia do Norte era um país desenvolvido.

– Os países com maioria muçulmana foram mais notados em se tratando de mídia (Al-Jazeera), economia (Emirados Árabes) e revolução (Primavera Árabe)…destaque para os magnatas com alto poder de compra e transformações antes inviáveis, vide Dubai.

– Os filmes ‘American Flag’ bombaram em Hollywood: se estava na mesmice retratar vilões russos ou asiáticos, nada melhor do que um terrorista árabe ou um ditador fundamentalista para servir de inspiração aos atores brucutus (que venha Os Mercenários 3 pra comprovar)

– Saddam, Muammar, Mubarak, Osama (?): ditadores e tiranos enfim foram depostos e mortos, mas a situação de seus países ainda é incerto. Intervenção permanente? Poder ao exército? Eleições democráticas (Sunitas ou Xiitas)? É muita informação nova para povos que tiveram até a internet restrita. pode isso Bashar al Assad?

– As imigrações foram revistas: se até o 11/9 era comum os países ricos absorverem mão-de-obra dos países em desenvolvimento, o que se viu depois foram restrições aos vistos de passaporte, resultando em saldos mais negativos do que positivos, mandando de volta civis que buscavam melhores oportunidades ao invés de ameaças.

2002: O que foi as Torres Gêmeas?
2040: O que foram os árabes?