Arquivo de Março, 2012

Mais uma do mestre Luis Fernando Veríssimo:

Eu tomo um remédio para controlar a pressão.
Cada dia que vou comprar o dito cujo, o preço aumenta.
Controlar a pressão é mole.

Quero ver é controlar o preção.
Tô sofrendo de preção alto
.

O médico mandou cortar o sal.

Comecei cortando o médico, já que a consulta era salgada demais.
Para piorar, acho que tô ficando meio esquizofrênico. Sério!
Não sei mais o que é real.
Principalmente, quando abro a carteira ou pego extrato no banco.
Não tem mais um Real.


Sem falar na minha esclerose precoce.

Comecei a esquecer as coisas:
Sabe aquele carro? Esquece!
Aquela viagem? Esquece!
Tudo o que o presidente prometeu? Esquece!

Podem dizer que sou hipocondríaco, mas acho que tô igual ao meu time: – nas últimas.
Bem, e o que dizer do carioca?

Já nem liga mais pra bala perdida…
Entra por um ouvido e sai pelo outro.

Faz diferença…

“A diferença entre o Brasil e a República Checa é que a República Checa tem o governo em Praga e o Brasil tem essa praga no governo”

E você aí, rindo das piadas de mau-gosto

Anúncios

Do mestre Luis Fernando Veríssimo:

Eu tenho o sono muito  leve, e numa noite dessas notei que havia alguém andando sorrateiramente  no quintal de casa. 

Levantei em silêncio  e fiquei acompanhando os leves ruidos que vinham lade fora, até ver uma  silhueta passando pela janela do banheiro. Como minha casa era muito  segura, com grades nas janelas e trancas internas nas portas, não fiquei  muito preocupado mas era claro que eu não ia deixar um ladrão ali,  espiando tranquilamente.
Liguei baixinho para  a polícia informei a situação e o meu endereço.
Perguntaram- me se o  ladrão estava armado ou se já estava no interior da casa. Esclareci que  não e disseram-me que não havia nenhuma viatura por perto para ajudar, mas  que iriam mandar alguém assim que fosse possível.
Um minuto depois liguei  de novo e disse com a voz calma:
– Oi, eu liguei há pouco porque tinha  alguém no meu quintal. Não precisa mais ter pressa. Eu já matei o ladrão  com um tiro da escopeta calibre 12, que tenho guardada em casa para estas  situações. O tiro fez um estrago danado no cara!
Passados menos de  três minutos, estavam na minha rua cinco carros da polícia, um  helicóptero, uma unidade do resgate , uma equipe de TV e a turma dos  direitos humanos, que não perderiam isso por nada neste  mundo.
Eles prenderam o  ladrão em flagrante, que ficava olhando tudo com cara de assombrado.  Talvez ele estivesse pensando que aquela era a casa do Comandante da  Polícia.
No  meio do tumulto, um tenente se aproximou de mim e  disse:
–  Pensei que tivesse dito que tinha matado o  ladrão.
Eu  respondi:
–  Pensei que tivesse dito que não havia ninguém  disponível. ”

Por quê os homens bebem?

Posted: 21/03/2012 by sobziro in Geral, Humor
Etiquetas:

Imagem auto-explicativa.

Evolução Mapeada

Posted: 17/03/2012 by sobziro in Uncategorized
Etiquetas:,

Achado por acaso no site do Não Salvo(www.naosalvo.com.br), esse vídeo no youtube mostra como mudaram, às vezes pra melhor, as bandeiras de todos os países do mundo. É claro que o destaque se dá aos países de maior expansão territorial, como Rússia e Brasil, enquanto o pequenos Estados europeus e asiáticos passam desapercebidos.

Já esse outro link mostra as guerras ocorridas no período de 1000 anos de nossa história. Percebam que o Barril de Pólvora da era medieval foi a própria Europa, mas isso se deve à maior disponibilidade de arquivos que permitiram tais registros. Ou vocês pensavam que os indígenas do Novo Mundo sempre foram dóceis e inocentes?

Mentira Convincente!

Posted: 11/03/2012 by sobziro in Ócio Criativo, Ctrl C/Ctrl V, Humor
Etiquetas:,

 O Advogado saiu do escritório, encontrou a sua secretária no ponto de ônibus e caía a maior chuva.

Ele parou o carro e perguntou:

– Você quer uma carona?

– Claro, respondeu ela, entrando no carro.

Chegando ao edifício onde ela morava, ele parou o carro para que ela saísse e ela o convidou para entrar no seu apartamento.

– Não quer tomar um cafezinho, um whisky, ou alguma coisa?

– Não, obrigado, tenho que ir para Casa.

– Imagine, o Senhor foi tão gentil comigo, vamos entrar só um pouquinho.

Ele subiu, atendendo ao pedido da moça.

Ao chegarem ao apartamento, ele tomava seu drink enquanto ela foi para dentro e voltou toda gostosa e perfumada.

Depois de alguns goles, quem pode aguentar?

Ele caiu, literalmente. Transou com a secretária e acabou adormecendo.

Por volta das 4:00 h da manhã, ele acordou, olhou no relógio e levou o maior susto.

Aí ele pensou um pouco e disse à sua secretária:

– Você me empresta um pedaço de giz?

Ela entregou-lhe o giz, ele pegou, colocou atrás da orelha e foi pra casa.

Lá chegando, encontrou a mulher louca de raiva e ele foi logo contando..

– Quando saí do trabalho dei carona para a minha secretaria, depois que chegamos ao prédio onde ela mora, ela me convidou para subir e me ofereceu um drink, em seguida, ela foi para o banho e retornou com uma camisola transparente e muito linda, e após vários goles acabamos indo para a cama e fizemos amor, aí dormi e acordei agora há pouco…

A mulher deu um berro e falou:

-Seu mentiroso filho da puta, sem vergonha, estava no bar jogando sinuca com os seus amigos, nem sabe mentir, até esqueceu o giz na orelha.

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, um Top 5 especial sobre as melhores representantes nos séculos XX-XXI, cada uma em sua especialidade, ou além delas.

Madre Tereza de Calcutá

Uma ‘Senhora Fé’, que dedicou a vida à paz religiosa e o socorro aos desfavorecidos.

Nadia Comaneci

A ginasta romena que abocanhou sete notas 10 nos jogos olímpicos de Montreal (1976). Isso aos 16 anos e concorrendo diretamente com as temidas soviéticas

Oprah Winfrey

A apresentadora do Oprah Show não é uma ‘Hebe Camargo’: debate temas polêmicos e com conteúdo, aliado à uma grande causa humanitária de ajudar pessoas de baixa renda nas carérrimas universidades dos EUA…e mentora de Barack Obama.

Zélia Gattai

Se a história de amor do Taj Mahal existe uma inversão, a história de Zélia Gattai e Jorge Amado é um bom exemplo. Companheira, dedicada, amorosa e que transpôs tais aventuras e sentimentos em seus livros.

Golda Meir

Às favas com Margaret Thatcher. Dama de ferro mesmo é ser primeira-ministra de Israel e saber lidar com um barril de nitro chamado Oriente Médio. Negociar, retaliar e manter-se firme no cargo, nem todos os ministros conseguem né?

Top 5 – Clipes ‘de Primeira’

Posted: 03/03/2012 by sobziro in Geral, Top 5
Etiquetas:

O termo está entre aspas porque com certeza foram muitos ensaios e falhas até chegar ao resultado desejado. Na verdade só escrevi para popularizar ‘de um take só’.

5º – Foo Fighters – My Hero

Estilo e originalidade: o clipe mostra um rapaz percorrendo uma casa em chamas para resgatar um bebê e um cachorro, lembrando muito as gravações a la Tru TV. O deslocamento da banda para aparecer nas cenas foram milimetricamente cronometrados. Destaque para Dave Grohl na direção.

4º – Radiohead – No Surprise

Estilo e originalidade: Thom Yorke chora a música dentro de um escafandro que pouco a pouco começa a inundar. Passa uma impressão de angústia e melancolia, um pouco em decorrência da beleza de Yorke, além do letra no telepronter refletido no capacete.

3º – U2 – The Sweetest Thing

Estilo e Originalidade: U2 & Cia ltda. procuram convencer Alison Hewson, a esposa de Bono, de que ele é um bom rapaz, numa música em que ele lamenta ter esquecido o aniversário de casamento. um passeio a cavalo pela rua e vários enfeites, muito bem-humorado.

2º – R.E.M. – Imitation of Life

Estilo e originalidade: Difícil imaginar que o vídeo é uma gravação de 0:18min, com sequências de trás pra frente mostrando integrantes de uma festa cantando a letra da música.

1º – OK Go – Here it Goes Again

Estilo e Originalidade: Um conjunto de esteiras, quatro pessoas atuando e uma coreografia muito bem-ensaiada. Um marco nesses tipos de clipes, por isso a medalha de ouro.

A Grande Matriarca: Sinead O’ Connor – Nothing Compares 2U

Pois é, a comadre de Frank Sinatra e do papa João Paulo II (in memorian) é a grande precursora nessa modalidade. Tanto que podemos ver a similaridade com o clipe do Radiohead e U2, fora o fato de ter influenciado o R.E.M. a gravar clipes com performances. Cantar sua letra por cinco minutos pra uma câmera pode ser fácil, mas e incorporar (o choro)?