Arquivo de Setembro, 2011

Um candidato que se sobressai num Ídolos pela originalidade da voz merece aplausos. Agora quem consegue clonar a voz de um ídolo merece mais reconhecimento!

Colaboração exclusiva do sócio blogueiro. Eu no lugar do terceiro diria: “Chupa Scott Stapp!”

Anúncios

DEPILAÇÃO A LASER…‏

Posted: 21/09/2011 by sobziro in Ctrl C/Ctrl V, Humor
Etiquetas:,

E no stripper pra namorada…

Posted: 19/09/2011 by sobziro in Ócio Criativo, Humor
Etiquetas:,

ele não fez o check-up certo.

Grita que eu freio amor!

Choose your funk?

Posted: 10/09/2011 by sobziro in Ócio Criativo, Humor
Etiquetas:,

O vídeo já tem mais de 4 milhões de acessos e tá praticamente defasado.

Mas de tão tosca a letra chega a ser boa.

#outstanding

Durando menos nas livrarias que ministro em Brasília, os ‘Guias Incorretos’ (Brasil e América Latina), de autoria dos jornalistas Leandro Narloch e Duda Teixeira, vieram com a proposta de desmistificar figuras heroicas da região, revelando detalhes que podem deixar espantados algumas vertentes ingênuas. Ao que tudo indica a pesquisa possui conotação direitista, deixando de lado o que seria uma visão imparcial dos feitos históricos de cada personagem. Mas como seria uma visão correta dos fatos?

Já esclareço que não li, nem pretendo ler, nenhum dos ‘guias’. O opinião baseia-se na matéria do caderno Ilustrada (Folha de São Paulo) do dia 30/08/11. A dupla responsável afirmou que o intuito é chocar as massas com o lado negro da força dos herois esquerdistas do continente, o que não é nenhuma novidade. Pesquisaram mais de cem títulos como fontes, mas em momento algum foram até o país de origem para confirmar as ‘teses’ (Cuba, Argentina, México…).

O erro maior foram as falhas cronológicas feitas pelas autores. Erraram anos de feitos importantes como a independência argentina e negaram a ação da CIA no Golpe Militar Chileno em 1973.  Queriam informar além dos livros didáticos, mas o que conseguiram foi uma devassa, que não é a cerveja da San(al)dy, jogada com ares indiscretos de conservadorismo.

Será que realmente existiu ou existe um heroi latino-americano 100% puro, correto e justo? Tais desleixos são suficientes para superar os feitos de cada um? Quem conferir Manufacturing Dissent comprovará que nem o barraqueiro Michael Moore segue a linha ‘abaixo a manipulação’. Ao mesmo tempo, Tariq Ali mostra no livro Piratas do Caribe que Hugo Chávez não é SOMENTE o cão baboso que cutuca o Consenso de Washington.

Sylvia Colombo diz que o livro é preconceituoso (pelo deboche às culturas locais) e só reforça a ignorância do brasileiro acomodado que desconhece os processos revolucionários nos vizinhos ex-espanhóis. O pior disso tudo é o trabalho que é direito do historiador feito pelo jornalista. Enquanto aquele pesquisa a fundo e dá mais vozes aos lados opositores, esse escreve brilhantemente bem conforme a maré.

Não menosprezo o trabalho jornalístico e é errado desconsiderar o diploma de suas suadas graduações. Mas o que foi feito nesses guias seria a mesma coisa que um pedagogo querer fazer o trabalho de um psicólogo.