Arquivo de Abril, 2011

Chefe é Chefe

Posted: 28/04/2011 by sobziro in Ctrl C/Ctrl V, Humor
Um guarda-noturno chamado Léo, trabalhava numa empresa especializada em lapidação de diamantes.

Uma manhã ele contou a seu chefe um sonho que tivera na noite anterior.
Disse que o avião que ele viajaria com destino à Rússia sofreria um acidente e, em conseqüência, todos os passageiros morreriam.

Seu chefe, jovem executivo, dinâmico e empreendedor, tinha verdadeiro pânico de aviões.
Assustado com a informação do Léo, decidiu cancelar o vôo.
Três dias mais tarde, leu nas manchetes dos principais jornais que aquele avião caíra no mar e, até o momento, não havia notícias de sobreviventes. ..!

Imediatamente chamou o guarda-noturno Léo, mostrou a notícia do jornal, agradeceu efusivamente pelo aviso que lhe salvara a vida e, a seguir, sem nenhuma explicação, despediu-o da companhia.

O guarda não compreendeu porque tinha sido despedido depois de salvar a vida do seu chefe.

Pergunta:
– Por que o Léo foi mandado embora?
Não leia a resposta abaixo…

Pense um pouco…

………… ……… ……… ……… ……… …..


Resposta:

O LÉO era guarda-noturno. Se teve um sonho à noite, é porque estava dormindo em serviço…! 

Conclusão:

Chefe é chefe… Por melhor que você seja e por mais que você faça, você nunca agrada.
Então, 
DEIXE O CHEFE MORRER… 

Mal agradecido!


Dentes Sensíveis e Letais

Posted: 24/04/2011 by sobziro in Uncategorized

Pra que gastar U$$ 4,5 mi  com Julia Roberts pra promover uma marca de creme dental?

Basta pensar o lado masculino e pronto.

Há uma grande expectativa no Rock in Rio 2011. Não é à toa que muitos meios de comunicação estão investindo pesado na divulgação dos artistas confirmados para o evento. E talvez isso seja o ‘grande erro’ para o festival, com preços muito mais acessíveis do que o elitista SWU, mas com uma programação que deixa a desejar.

Pelo Line-Up, esqueceram de olhar para Coachella, Glastonbury, Reading ou mesmo no nostálgico Woodstock. Parece que preferiram o Festival de Verão de Salvador com adjuntos do João Rock e Planeta Atlântida para tentar amenizar algum defeito jabalesco.

Dito isso, venho manifestar minhas sugestões para salvar a cidade do Rock, a qual estará nos TT´s a partir de setembro. Sigamos por dias para ficar melhor entendido

23/09 – A abertura feminista e colorida

A Situação: Acredito que Titãs misturado com Paralamas e Milton Nascimento seja um digno abre-alas, seguidos da orquestra sinfônica (a mesma tática de 2001) acompanhando a sensação Maria Gadú. Nada contra a beleza e competência do trio Claudinha-Perry-Rihanna mto menos Elton John encerrando a noite. Mas pra fazer jus ao rock….

Sugestões: A 1ª noite em 2001 trouxe dinossauros consagrados (Gilberto Gil, James Taylor e Sting). Nada mais justo do que um começo para maiores de 35 anos, com Blitz  e mesmo o próprio Paralamas ajeitando o palco para Aerosmith, David Bowie e os remanescentes Daltrey e Townshend do The Who.

24/09 – o dia do ‘Rock’

A Situação: Capital Inicial e Red Hot Chilli Peppers tem muita lenha pra queimar (espero que só isso), só que o quarteto californiano perdeu (mais) a pegada punk-roqueira após a saída de John Frusciante, lembrando que na apresentação em 2001 foi Flea que salvou o show. Como não conheço Stone Tour, sobrou pro Snow Patrol: uma música romântica (Open Your Eyes) e uma trilha sonora (Signal Fire) são suficientes pra taxar a banda como roqueira? Me recuso a falar da banda de abertura do dia.

Sugestões: Rock com ‘R’ maiúsculo, se escreve ZZ Top ou Pearl Jam nos EUA, Cachorro Grande e Raimundos (das antigas) no Brasil, Deep Purple ou Oasis na Inglaterra, e AC/DC ou Wolfmother na Austrália. Sim, o Oasis se foi e provavelmente os irmãos Gallagher nunca mais serão vistos juntos no palco, mas como sonhar é de graça e permitido…

25/09 – O dia do metal

A Situação: Bom, à grosso modo não há nada de tão errado com as atrações desse dia. Entretanto, trocar Sepultura por Gloria foi um tiro de bazuca na cara de muito fã de metal decente. Será que tomaram as dores do Angra?

Sugestões: Uma mistura de outros modelos de metal não seria motivos de garrafadas. Korn, Limp Bizkit e System of a Down são boas pedidas. Quem sabe uma reunião no final com o Metallica mandando Paranoid (Black Sabbath), menos o Limp Bizkit claro!

30/09 – O dia do ‘Pula-Pula’ Solo

A Situação: Se tacam um Chiclete com Banana ia virar o dia da Micareta. D2 dá o pontapé inicial com o seu samba-seda do gueto, vindo depois Ivetão, o quase brasileiro Lenny Kravitz mais baladeiro e Shakira Piqué Waka-Waka pra finalizar com rebolado de ouro.

Sugestões: Se era pra dar impressão ‘É hoje o dia da alegria’, bastava olhar Seu Jorge junto com o criador Farofa Carioca, Ultraje a Rigor, Cake, Gogol Bordello e The B-52’s.

01/09 – O dia Alternativo

A Situação: Frejat sem Barão e Skank dizem olá aos mexicas Maná, o rapper (WTF?) Jay-Z e os meninos inovadores do Coldplay. O esposo-empresário da Beyoncé é carta fora da via-láctea pro dia.

Sugestões: o cabeçudo Engenheiros do Hawai seria um bom ‘boa noite cults!’, talvez Manu Chao ou Vanguart pra esfriar um pouco mais pra depois vir à tona a dupla cool do seguimento alternativo do rock: Radiohead e R.E.M.

02/10 – O Dia do Encerramento

Situação: Deixaram os artistas que já se encontram, ou estão muito próximos, do fim. A baiana Pitty faz seu esforço pra parecer o mais hardcore possível, além de ser tornar mais conhecida. O Gun’s N’ Roses só faz barulho na cabeça do seu vocalista Axl, que além de estar botocado e acima do peso, perdeu o memorável timbre agudo de ‘Welcome to the Jungle’.

Sugestões: Bom mesmo é aquela ideia de ‘Finish him!’ ao adentrar a cidade do Rock nesse dia. Os batuques da Nação Zumbi e O Rappa aqueceriam bem as baterias. Beastie Boys, Green Day e Rage Against the Machine fariam com que o espectador saísse esgotado e pensando: Lisboa e Madri o kr%lho!

Pode-se dizer que Robert Rodriguez é um grande parceiro de Quentin Tarantino: ambos adoram dirigir filmes com temáticas bizarras, sangue a perder de vista e heróis improváveis, com cara de mau e que não pensa um décimo de segundo para promover a matança, por ‘legítima’ defesa ou mesmo pela vingança.

Em Machete, Rodriguez escala o queridinho Danny Trejo (sim, aquele feioso com olheiras de Malan) para protagonista e justiceiro. A imigração ilegal de mexicanos pela fronteira dá um ótimo pano de fundo para a trama, retratando a paisagem cor de ferrugem dos ensolarados Texas e Arizona. Mais incrível, e aceitável, do que Robert de Niro bancando um político puritano, é ver Stevel Seagal como chefe de um cartel de drogas.

Há espaço para o desfile de beldades como Jessica Alba, Michelle Rodriguez e Lindsey Lohan. Trejo tem tempo para se envolver com todas, pra não dizer coisa pior.  Não recomendado para virgens e certinhos!

A Injustiçada Pitty

Posted: 14/04/2011 by sobziro in Geral

Tudo bem que ela faz questão de representar o rock da Bahia. Tudo bem ela já ter copiado os chifres do AC/DC em seu figurino. Mas ser anônima pro Sílvio Santos em pleno Revelação do Ano no Troféu Imprensa?

Má Ôe ele tá parecendo o Faustão com esse interrogatório. Bom, pra quem não viu, ela bancou a ‘recepcionista’ quando o Faith No More esteve por aqui. Resultado:

#VergonhaAlheiaFacts

Cachorro-Bombril

Posted: 12/04/2011 by sobziro in Ócio Criativo, Geral, Humor

Depois de uma propaganda e eficiência dessas, anúncio de “lavo-passo-cozinho” em classificados e murais de faculdade ficou ultrapassado.

Porque até no mundo canino as aparências enganam. Melhor é a cara de “E aí?” do cachorro no final

Meu Brasil Educado

Posted: 08/04/2011 by sobziro in Ctrl C/Ctrl V, Momento Rage!
Até hoje de manhã (7/4/2011) achávamos que carnificinas dentro das escolas era coisa de americanos e russos. O atirador, até onde se sabe, se matou para escapar de uma possível retaliação. O e-mail que repasso abaixo tem muito a ver com o fato ocorrido, principalmente em se tratando de impunidade aos menores de idade.
É um tanto extensa, mas é praticamente um chute (do Anderson Silva) na cara
“- DE MÃE PARA MÃE:
Vi seu enérgico protesto diante das câmeras de televisão contra a transferência do seu filho, menor infrator, das dependências da FEBEM em São Paulo para outra dependência da FEBEM no interior do estado.

Vi você se queixando da distância que agora a separa do seu filho, das dificuldades e das despesas que passou a ter  para visitá-lo, bem como de outros inconvenientes  decorrentes daquela transferência.


Vi também toda a cobertura que a mídia deu para o fato, assim como vi que não só você, mas igualmente outras  mães na mesma situação que você, contam com o apoio de Comissões Pastorais, Órgãos e Entidades de Defesa de  Direitos Humanos, ONGs, etc….

Eu também sou mãe e, assim, bem posso compreender seu  protesto.  Quero com ele fazer coro.
Enorme é a distância que me separa do meu filho.

Trabalhando e ganhando pouco, idênticas são as dificuldades e as despesas que tenho para visitá-lo. Com muito sacrifício, só posso fazê-lo aos domingos porque  labuto, inclusive aos sábados, para auxiliar no sustento e educação do resto da família…

Felizmente conto com o meu inseparável companheiro, que
desempenha para mim importante papel de amigo e conselheiro espiritual.

Se você ainda não sabe, sou a mãe daquele jovem que o seu filho matou estupidamente num assalto a uma vídeo-locadora, onde ele, meu filho, trabalhava durante o dia para pagar os estudos à noite.

No próximo domingo, quando você estiver abraçando, beijando e fazendo carícias no seu filho, eu estarei visitando o meu e depositando flores no seu humilde túmulo, num cemitério da periferia de São Paulo…

Ah! Ia me esquecendo: e também ganhando pouco e  sustentando a casa, pode ficar tranqüila, viu? que eu estarei pagando de novo, o colchão que seu querido filho queimou lá na última rebelião da Febem.

No cemitério, nem na minha casa, NUNCA apareceu nenhum  representante destas ‘Entidades’ que tanto lhe confortam, para me dar uma palavra de conforto, e talvez me indicar ‘Os meus direitos’ !’

Se concordar, circule este manifesto!

Talvez a gente consiga acabar com esta inversão de valores que assola o Brasil.

DIREITOS HUMANOS SÃO PARA HUMANOS DIREITOS…!!!”

Viva 2016!